São Paulo, 20 de janeiro de 2020
Home / Colunistas / Atenção à saúde do homem

Estomaterapia | Maria Angela Boccara de Paula

Profa. Dra Maria Angela Boccara de Paula - TiSobest Presidente da Associação Brasileira de Estomaterapia - Sobest Editora da Revista Estima Professor Doutor do Departamento de Enfermagem e Nutrição Coordenador Adjunto do Programa de Mestrado em Desenvolvimento Humano Universidade de Taubaté - Email: vicepresidencia@sobest.com.br

+ postagens

Atenção à saúde do homem

No último Dia Nacional de Combate ao Câncer, em 27 de novembro, o INCA (Instituto Nacional de Câncer) divulgou dados sobre a Saúde do Homem na Oncologia. Os casos de tumores malignos entre pessoas do sexo masculino superam 51% nas estatísticas. O câncer de próstata é o que apresenta maior incidência, com 68.220 novos registros. Isso representa 31,7% dos novos casos de câncer entre homens no Brasil. São números alarmantes! Outra estatística que chama a atenção é que, apesar da alta incidência, o câncer de próstata fica atrás do câncer de pulmão no número de mortes (16.137 óbitos contra 15.391, segundo dados do Sistema de Informação de Mortalidade de 2017).

O tratamento destas dezenas de milhares de homens têm grande impacto na vida social, familiar, no ambiente de trabalho da pessoa e também para a Saúde Pública. Um dos principais temores relacionados à cirurgia de retirada da próstata, opção para grande parte dos pacientes, é a ocorrência da incontinência urinária. A próstata, glândula situada logo abaixo da bexiga e à frente do reto, contribui também como mecanismo de continência,vez que gera uma leve compressão na uretra, por sua localização no corpo do homem. Quando é tirada na cirurgia, sua ausência deixa um vazio, que a musculatura não consegue compensar para conter a urina. O paciente vai precisar ser treinado por um profissional de saúde capacitado para perceber essa musculatura. E o enfermeiro estomaterapeuta é o profissional preparado para realizar a avaliação e orientação nestes casos. A evolução do tratamento ocorre de acordo com a complexidade do caso, mas a retomada da continência é possível, de acordo com as condições de cada indivíduo.

O número de casos de câncer de intestino também avançou fortemente no Brasil nas últimas décadas, segundo o INCA. O crescimento reflete mudanças no estilo de vida da população e acompanha a alta do número de pessoas com sobrepeso e obesidade no país. Um estudo da USP mostra que a proporção de casos de câncer de intestino em homens brasileiros foi atribuído aos altos índices de massa corporal, ao tabagismo, à dieta com baixo consumo de fibras e à falta de atividade física.

As cirurgias para o tratamento do câncer são o principal motivo para a realização de estomias. Mais de 60% delas são realizadas para o tratamento do câncer de cólon e reto que cresce em grande escala. Estamos falando aqui de milhares de homens que vão conviver com a necessidade do uso de uma bolsa coletora e precisarão de suporte e cuidado especializado do enfermeiro estomaterapeuta, desde o pré-operatório até o processo de reabilitação.

Os equipamentos e produtos adjuvantes para o cuidado das pessoas com estomias tiveram avanços tecnológicos importantes nos últimos anos. Isto inclui não só as bolsas para as estomias intestinais, mas também as urinárias, cateteres e tubos para as gastrostomias, cânulas para as traqueostomias, equipamentos utilizados no tratamento de tumores de bexiga, estômago, cabeça e pescoço, doenças também em avanço entre os homens (ocupam entre o 4º e 7º lugar na lista dos cânceres mais incidentes).

Ter acesso a profissionais especialistas é parte fundamental do tratamento e os enfermeiros estomaterapeutas mantêm-se atualizados e atentos para realizar as melhores práticas ao paciente oncológico com estomia e incontinência.

Comentários

O portal da Enfermagem não faz a moderação dos comentários sobre suas matérias, esse Espaço tem a finalidade de permitir a liberdade de expressão dos seus leitores, portanto, os comentários não refletem a opinião dos gestores. Apesar disso, reservamo-nos o direito de excluir palavras de baixo calão, eventualmente postadas.

Nenhum comentário enviado, seja o primeiro. Participe!