Portal da Enfermagem
Apoio Cultural:
Plantão de Notícias

Fique bem informado com tudo que acontece na área da enfermagem e da saúde! Clique na notícia desejada para visualizar o texto na íntegra.






Vantagens do prontuário eletrônico para profissionais de saúde e seus pacientes

8/17/2011
Divulguem   |
A A A

O que é mais importante do que a vida de alguém? Esta pergunta me veio à cabeça depois de ler um estudo publicado recentemente pelo Journal of Political Economy, publicação acadêmica da Universidade de Chicago, nos Estados Unidos. De acordo com a pesquisa, milhares de bebês poderiam ser salvos todo ano se os hospitais tivessem em seus bancos de dados todas as informações da saúde dos pequenos, desde a fase fetal, em prontuários eletrônicos. Nos Estados Unidos, o número de hospitais que apostam nessa tecnologia cresce 10% ao ano. - Não temos dados que demonstrem qual é esse índice no Brasil, mas sabemos - por experiência própria - que o País é um dos que mais buscam soluções na área de saúde. Embora não tenhamos um grande número de hospitais com prontuário eletrônico em funcionamento, vemos claramente que apostar em tecnologia para salvar vidas e agilizar o atendimento de pacientes pode ser um dos grandes diferenciais das instituições de saúde. Mas muitos devem estar se perguntando: como funciona um prontuário eletrônico e qual sua vantagem em relação às tradicionais fichas médicas?

 

O prontuário eletrônico é um software que integra todas as áreas de saúde de um hospital ou de uma clínica médica e permite registro e consulta de todo o histórico de saúde e informações do paciente. O sistema interage com os profissionais de saúde e até mesmo com o próprio usuário por meio de um equipamento com tecnologia touch screen - de tela sensível a toque -, provendo em tempo real, conteúdos clínicos relevantes para todos os envolvidos no atendimento.

 

Nos últimos meses, dois grandes centros de saúde implantaram com sucesso esse sistema. O Hospital da Beneficência Portuguesa de São Paulo, uma das maiores instituições privadas da América Latina, instalou o protocolo eletrônico da Alert, que atua em mais de 40 hospitais no Brasil. Com ele foram identificadas melhorias no dia a dia do Pronto Atendimento e diagnósticos mais ágeis e efetivos.

 

De acordo com dados do referido complexo hospitalar, em 2011 foram registradas melhorias nos primeiros meses de utilização do sistema, na detecção de diarréia e gastroenterite de origem infecciosa. As infecções agudas das vias aéreas superiores também puderam obter um melhor tratamento com a rápida avaliação da ficha médica.

 

Já a Santa Casa de Misericórdia de Passos, instituição localizada em Minas Gerais e que atende 70% de seus pacientes pelo Sistema Único de Saúde (SUS), informatizou toda sua gestão clínica do seu departamento de urgência.

 

E por que não usar essas inovações a favor da saúde? Todo mundo só tem a ganhar. O hospital é beneficiado com sistemas mais aprimorados e capazes de solucionar rapidamente a necessidade do paciente. Os profissionais de saúde têm a ganhar, pois será mais ágil e preciso realizar um diagnóstico e ministrar um tratamento. O paciente ganha na certeza de que será atendido com agilidade, presteza, qualidade, assertividade, rapidez e segurança.

 

E a natureza também ganha, pois ao implantar um prontuário eletrônico, a instituição de saúde dá um passo significativo na direção da sustentabilidade, uma vez que elimina a impressão, utilização e arquivamento de centenas de folhas de papel.




Fonte: DCI Online


Comentários   Clique aqui para enviar seu comentário.
O portal da Enfermagem não faz a moderação dos comentários sobre suas matérias, esse Espaço tem a finalidade de permitir a liberdade de expressão dos seus leitores, portanto, os comentários não refletem a opinião dos gestores. Apesar disso, reservamo-nos o direito de excluir palavras de baixo calão, eventualmente postadas.

Nenhum comentário enviado.


Voltar Imprimir Indicar por e-mail Comente está notícia

Cadastre-se

para receber nossos informativos >>>>>